A comunicação digital e as tendências para 2016

A história comunicação ganha novos capítulos com a evolução tecnológica e, principalmente, com o movimento de apropriação dos novos meios. Quando a internet estava dando seus primeiros passos rumo à interatividade, a TV já era há muito tempo a queridinha do público. De todos nós, afinal. E quem se arriscava a fazer previsões afirmava que a internet iria superar a TV. As previsões se confirmaram. E quais são as tendências de marketing para 2016?

Hoje, as pessoas têm a internet como seu principal canal de comunicação com o mundo, e o melhor: tem esse acesso na palma da mão. Desde o surgimento da tecnologia mobile, a sua popularização vem transformando nosso modo de se relacionar com o mundo, permitindo a reinvenção das ferramentas de comunicação.

Assim, como resultado do uso massivo dos dispositivos mobile, em 2016, a internet, no Brasil, deve superar mais uma vez a TV. Além disso, o número estimado para investimento em publicidade digital no próximo ano saltou para 76,6 bilhões de dólares, valor superior aos 72 bilhões de dólares previstos para fomentar a publicidade na TV.

O Consumidor é Digital

Neste cenário, cada vez mais a conexão das marcas com os clientes se dá pelos meios digitais. Segundo a consultoria IDC, principal provedora global de inteligência de mercado, serviços de consultoria e eventos para as indústrias de tecnologia da informação e telecomunicações, foram gastos US$ 901 bilhões com tecnologias móveis em 2014. Sendo smartphones e dados wireless os principais fatores que compõem tais despesas. Aliás, a previsão é de que esse montante cresça para US$ 1,2 trilhão até 2019.

consumidor digital

Os números fornecem uma ideia do tamanho desta transformação.

A roda gigante da tecnologia gira em ritmo acelerado e o universo de usuários da tecnologia mobile não para de crescer. Para acompanhar esse ritmo, a tendência é que as empresas invistam ainda mais em comunicação digital. Se em 2015 a publicidade online foi alternativa para muitos clientes, principalmente no Brasil, por conta da recessão que o país enfrenta, na certa, em 2016, o digital será a grande aposta.

De olho no que está por vir, elencamos algumas tendências para a comunicação digital em 2016. Assim, agências e profissionais podem embarcar nesse movimento e fazer a comunicação entre marca e cliente acontecer com criatividade, garantindo resultados mensuráveis para as marcas e fornecendo informações interessantes para os consumidores. Prepare-se para um 2016 supercibernético!

Mídias Sociais mais ativas.

Elas são o espaço ideal para estreitar o relacionamento das marcas com os consumidores. Ao elaborar uma campanha, as ações de interação devem promover o engajamento do público pelos canais digitais. Vale investir, ainda, em formatos inovadores de mídia, como banners mais interativos e campanhas com foco segmentado. Ou sA disputa das marcas pelo diferencial é acirrada e o objetivo é ter taxas de conversão cada vez maiores.

Além disso, as redes sociais impulsionam o crescimento do comércio eletrônico. Para 2016, está previsto o lançamento do Botão Comprar tanto no Twitter quanto no Facebook. Em um movimento de integração das mídias sociais com as plataformas de e-commerce. E muitas outras tendências em marketing para 2016 irão surgir nestes canais até terminamos de escrever este post. Este é um meio com mudanças muito velozes.

Do off-line para o digital. 

Dar continuidade à migração dos meios tradicionais para os canais digitais é uma das grandes offline e digitaltendências. Se a inserção do anúncio na TV representa um custo muito elevado para a verba que o cliente dispõe, vale propor uma campanha com foco no digital. Além de reduzir consideravelmente o investimento, o cliente tem a possibilidade de mensurar os resultados obtidos com métricas claras. Enfim, métricas que mostram, de fato, os avanços da marca, após o lançamento das ações de digitais de comunicação.

Mobile-Internet

 

Investimento em mobile

O mobile é, atualmente, a maior oportunidade de investimento em mídia no mercado global. Portanto, tendo a menor razão custo versus tempo despendido pelo usuário na web.

Segundo dados da Interativa, publicados em um infográfico, hoje mais de 50% dos usuários da rede chegam ao site através do celular. É pela tela do smartphone que lançamos nosso olhar para o mundo e, também, acompanhamos um grande fluxo de informação.

Vale lembrar que não existe mais barreira entre o digital e o mobile. Eles são uma coisa só e o usuário utiliza os dois ambientes de forma complementar. São as multitelas em ação.

 

youtube-1Vídeos

Da mesma forma que as fotos impulsionam uma publicação, os vídeos também atraem os usuários. Além disso, segundo pesquisa da Accenture, o Brasil é o segundo país do mundo com o maior número de visualizações em plataformas de vídeos.

Com mais de 11 bilhões de views mensais. Sendo que cerca de 96% de usuários na web consomem conteúdo em vídeo. Ou seja, diante deste cenário, investir na produção de vídeos online pode ser uma das melhores estratégias para engajar o público.

 

Marketing de Conteúdo  

O marketing de conteúdo vem ganhando espaço e, em 2016, deve despontar como uma das tendências do marketing digital. As marcam têm uma estratégia específica. Para ganhar a confiança dos consumidores, elas oferecem conteúdo que agregue valor à vida das pessoas.

Inbound Marketing permite às empresas construírem um relacionamento com seu público alvo, conquistando e fidelizando os consumidores e é umas das tendências de marketing para 2016. Muitas empresas estão começando só agora a utilizar essa estratégia.

Considerando os preços elevados do AdWordsFacebook Ads, as estratégias de Inbound Marketing chegam a custar 60% menos que as ações do marketing convencional. Aliás, mais um motivo para investir em marketing de conteúdo. As marcas agradecem e os consumidores também. É uma das tendências de marketing para 2016 que irá se fortalecer a cada ano.