Como delegar tarefas e evitar o microgerenciamento?

Em busca de formar uma equipe de alta performance e conquistar excelentes resultados, muitos gestores fazem mais do que deveriam e pecam pelo excesso. O microgerenciamento se configura justamente pela necessidade de controlar todos os processos de uma empresa. No entanto, esse tipo de gestão desgasta e afeta negativamente o crescimento de todos na equipe. É preciso, portanto, aprender como delegar tarefas para incentivar o crescimento do time e, o mais importante, abrir espaço na agenda do gestor para que ele foque em questões estratégicas.

Quando o gestor, em vez de microgerenciar, conquista a habilidade de atribuir as diferentes atividades para os profissionais certos, ele otimiza o uso de recursos e, assim, aumenta a quantidade de trabalho de qualidade que ele e sua equipe podem produzir.

A delegação, habilidade crucial de um líder, estimula o crescimento de todos: seu, dos profissionais e da agência. Veja, a seguir, boas razões para evitar o microgerenciamento e aprender a delegar.

# O primeiro passo é superar o medo

“Se você quer algo bem feito, faça você mesmo.” Quantas vezes você já ouviu essa frase e mais: a adotou como justificativa para tomar posse de algumas tarefas e não delegá-las a ninguém?

É uma retórica comum, mas é também um padrão de pensamento perigoso que pode, inclusive, impedir sua empresa de crescer. Por isso, o primeiro passo é superar o medo de dar às pessoas grandes responsabilidades, confiar nos profissionais e começar.

Pode ser assustador renunciar ao controle de coisas que você é responsável, mas é necessário. Confie mais nos membros da sua equipe e, aos poucos, aprenda como delegar tarefas!

Evite também usar a falta de tempo para ensinar alguém como desculpa para evitar a delegação. O tempo de capacitar um profissional, compromisso de curto prazo, é ínfimo, se comparado aos benefícios de longo prazo: você irá economizar inúmeras horas a longo prazo se ensinar corretamente e delegar sempre que possível.

# Aprenda como delegar tarefas e dividir as responsabilidades

Mas, então por onde começar? Como delegar tarefas se todas parecem ser muito importantes e precisam do seu toque de gestor? Primeiro, identifique as tarefas que estão te levando a cumprir hora extra ou estender sua jornada nos finais de semana. Feito esse diagnóstico, sempre que tiver uma tarefa que precisa ser completada, pare e faça mais algumas perguntas.

1. Alguém na minha equipe pode completar esta tarefa? Se a resposta for sim, considere delegar a tarefa. Pode ser frustrante que não seja feita exatamente do seu jeito, mas pode te levar a ver que existem outros caminhos possíveis. Desapegue um pouco dos processos e foque nos resultados.

2. Qual é o objetivo desta tarefa?
Decidiu por delegar? Apresente o que precisa ser realizado e as suas expectativas. A visão compartilhada de um resultado bem-sucedido ajuda a pessoa a entender o tamanho da responsabilidade e cumprir a tarefa com mais foco e dedicação.

3. O que essa pessoa precisa para completar a tarefa? É importante checar se o profissional tem as habilidades, o tempo e os recursos necessários para completar a tarefa. Além disso, reserve um tempo para oferecer suporte à execução da tarefa. Delegar sem suporte adequado é encaminhar o profissional para o fracasso e você para a frustração.

Feitas e respondidas estas questões, crie coragem, vá em frente e delegue a tarefa ao profissional mais preparado da equipe. Com o tempo, vai se tornar mais do que simples: delegar será natural!

#Tarefas delegadas garantem mais eficiência e produtividade

Quando o gestor pratica o microgerenciamento e ainda não sabe como delegar tarefas, o resultado é, quase sempre, a ineficiência. Enquanto os gerentes vivem sobrecarregados com o trabalho que deve ser delegado, e os funcionários não se sentem desafiados ou capacitados para sua carga de trabalho. Esse cenário impacta na produtividade, limitando o crescimento da organização.

Quer ter acesso a mais dicas como essa?

Cadastre-se e receba conteúdos exclusivos

Já quando a delegação se torna rotina, ela é capaz de aumentar a autoconfiança, incentivar os profissionais, impulsionar a produtividade e promover a cultura de entusiasmo e criatividade. Logo, a agência ganha um time mais entrosado e feliz, registra uma diminuição na rotatividade de funcionários e torna-se uma organização mais valiosa e bem-sucedida.

# Você delega, sua equipe aprende e a agência cresce

Pode parecer que sim, mas não é difícil. É possível aprender a trabalhar de um modo mais inteligente e produtivo. Afinal, o microgerenciamento prejudica você, limita sua equipe e também o crescimento da agência.

Compartilhe com os profissionais da sua equipe as visões de resultados bem-sucedidos e foque neles, colocando os processos em segundo plano. Você verá que, muitas vezes, o modo de fazer torna-se secundário se o resultado é tal como o esperado ou até melhor. Aprenda a delegar tarefas, motive sua equipe a amadurecer e leve sua agência ao crescimento.