Case de sucesso: Criatividade em foco na Magica Comunicação7 min read

Em um ritmo acelerado, sob pressão, encarando uma corrida contra o tempo, com a tarefa de surpreender o cliente. Ufa! Nem sempre é fácil manter a equipe com a criatividade em foco. Pensando em tornar tudo muito mais leve, muitas agências já investem em ações e projetos para proporcionar um ambiente agradável e motivar a equipe. Neste post contaremos um pouco da história e iniciativas de uma das melhores agências de Joinville e também de SC e como foi a implantação de um sistema de gestão na cultura da empresa.

Criatividade que movimenta

A Agência Magica, de Joinville, acredita que a criatividade é o que movimenta os profissionais e, claro, a agência como um todo.

“O publicitário não é criativo apenas no momento em que está na agência. Isso é um ponto fundamental em nossa filosofia. Afinal, é preciso estar atento aos insights que acontecem a todo momento, catalogar cada um e saber o momento de usar”, destaca Rodrigo Ascenção, Diretor de Criação da Magica.

Logo, para deixar a galera mais animada, com muitas ideias, a agência tem um ambiente funcional. O local é muito agradável e bem decorado, inclusive, com espaço para um relax, se necessário. Tudo para despertar a criatividade.

Conheça um pouco da história da agência

A Magica Comunicação surgiu a partir da união dos dois sócios, André de Souza, atual diretor de atendimento da Magica e de Rodrigo Ascenção, Diretor de Criação que aproveitaram a vasta experiência em publicidade para crair uma parceria de sucesso que dura mais de uma década.

Utiliza o Operand desde 2013, e sempre se destacou como uma empresa que pensa de forma completa no processo estratégico do cliente tendo vasto conhecimento em Mídia OFF e Marketing Promocional diferenciado, por isso entrega resultados extraordinários em suas campanhas.

Rodrigo Ascenção, um dos sócios, comentou com a nossa equipe em uma das visitas que fizemos na agência, que ser criativo é ser econômico e ele sempre estimula, muito, a equipe a ser criativa e a não executar por executar. Além disso, como trabalham com planejamento para campanhas grandes, gostam de reunir toda a equipe responsável para um brainstorm para analisarem, juntos, as possibilidades e impactos que querem causar.

Recentemente, a Magica recebeu um prêmio que é desejado pela maioria das empresas. Foram reconhecidos, há poucos dias, como uma empresa GPTW – Great Place to Work.

Confira abaixo o video case e entenda um pouco mais a história.

Iniciativas que fazem a diferença

O programa Underground, uma espécie de endomarketing da agência, tem como objetivo criar atividades para aliviar o estresse e promover a criatividade.

Um bom exemplo é o projeto [EN]QUADROS, um concurso cultural que convidou alguns profissionais a criarem quadros para decorar a própria agência. Com a ação, a agência ganhou em criatividade e engajamento. “E a participação não foi apenas dos criativos, tivemos até profissionais da área de atendimento participando”, conta Rodrigo.

Tecnologia e inovação = gestão inteligente

A agência sempre atuou com sistemas de gestão, desde o seu surgimento. Devido à isso, os processos e a rotina são bem eficientes.

Acabaram mudando o sistema para o Agência Sys, atual Operand, pois identificaram vantagens em relação ao que possuiam antes, como controle de pauta e tarefas que faziam mais sentido com o processo da agência.

O principal objetivo que fez a agência optar pelo Operand foi a integração que conseguiriam ter com toda a equipe. Contudo, principalmente, o gerenciamento das demandas, tanto internas quanto externas.

Utilizam todos os módulos da plataforma, de maneira frequente e integrando todos da equipe. Ou seja, apontam horas de trabalho, enviam propostas, produções e mídias direto para o Financeiro e organizam os documentos de acordo com a demanda.

“Uma mudança de sistema é sempre um trauma dentro da empresa, pois as pessoas têm dificuldade de mudança”, comenta André. “Mas, no final, o trauma nem é tão grande assim, se você vai para uma solução que é melhor e que traz benefícios muito maiores do que qualquer desconforto que pode causar a mudança”, complementa.

Rodrigo destaca sobre o atendimento de suporte do Operand: “sempre foram muito solícitos, a gente vê que o atendimento é sempre muito ágil, muito próximo, muito fácil de lidar”.

“Ter um controle de ponta a ponta do processo, desde a entrada do job/proposta até o faturamento, num mesmo sistema pra gente é fundamental. Demanda menos tempo integrando plataformas e mais tempo que podemos dedicar às nossas entregas para os clientes”.

Confira a seguir outros detalhes que o André mencionou a respeito da contratação do Operand:

Qual a(s) principal(is) necessidade(s) que levou vocês a contratarem o Operand (considerando que vieram do Agência Sys)?

Nos últimos anos focamos muito na gestão de processos para controlar nossa lucratividade. Isso fez com que nos preocupássemos não apenas com o número final da receita versus despesas, mas com tudo que influencia neste número. E a produtividade é o principal. Desta forma, precisávamos de uma ferramenta com mais recursos para além de controlar o processo de ponta a ponta, podermos analisar dados que estão nas entrelinhas das entregas. Além disso, sabemos que é praticamente impossível ter tudo num sistema e ele operar exatamente da forma que a agência está acostumada. Porém, como não temos pretensão de usar mais de uma ferramenta achamos no Operand a que mais nos completa e fomos nos ajustando para que nos atendesse de forma que não desconfigure o modo de trabalho e pensamento da agência.

Quanto tempo a equipe levou para aderir a essa cultura do Operand?

Como já viemos do Agência Sys a adesão ao Operand foi tranquila. Sabemos que toda mudança causa impacto, mais na cabeça das pessoas do que propriamente no seu dia-a-dia, então minimizamos isso com workshops na implantação e incentivo para que todos assistissem os vídeos e webinars. Salvo casos de processos específicos, que fomos verificando e ajustando com o tempo, em um mês toda equipe já estava usando de forma bem consistente.

Quais funções do sistema são as principais para o seu gerenciamento diário? E quais os ganhos obtidos a partir delas?

Na Magica temos uma forma específica de gerenciar nossa pauta, então a área Jobs é a que damos mais atenção. Enxergando lado a lado a pauta de cada criativo, os atendimentos conseguem alocar seus trabalhos de forma que não fiquem sobrepostos com outros e que cada envolvido tenha o tempo necessário para execução. Aliás, criamos padrões para descritivos de Subtarefas para que todos entendam as responsabilidades e prazos.


Capacitando para gerar criatividade

A Magica investe ainda em um programa bem forte de incentivo a cursos e troca de experiências dentro da agência. Ou seja, entende que a capacitação dos profissionais faz a diferença para garantir entregas assertivas para seus clientes.

Segundo A100, “a capacitação, de certa forma, recicla e trabalha a criatividade como um todo, já que um profissional repassa o conhecimento para todos os colegas da sua área”.

Enfim, é assim que a criatividade está sempre em alta na Mágica. Afinal, com iniciativas como essas, nem mesmo a pauta cheia de jobs e o estresse são capazes de tirar a inspiração da galera. Deste modo, trabalhar passa a ser muito mais divertido.

Vale se inspirar e pensar em uma iniciativa bacana na sua agência também. A proposta é que jamais falte tempo e oportunidade para colocar a criatividade em ação ;D

Enfim, além de todas as iniciativas aqui apresentadas, não podemos deixar de destacar outro ponto importante: a agência tem todos os seus processos muito bem desenhados e o fluxo de trabalho bem organizado, o que a ajuda a ter tempo para desenvolver trabalhos que geram resultado e com muita criatividade para os seus clientes.