Os 7 pilares da cultura interna da Netflix

Constantemente nos perguntamos, qual é o segredo do sucesso de grandes empresas? O que elas fazem para se diferenciar, para estar em constante evolução e para manter seu nível de qualidade? Estas perguntas têm dezenas de respostas (e das mais variadas). Se pudéssemos isolar um atributo como chave do sucesso destas gigantes da indústria internacional, provavelmente seria a cultura interna de cada uma. E qual é a cultura interna da Netflix? Calma, falaremos mais adiante.

Cultura que aumenta vendas

Obviamente, cada companhia terá a sua, mas estas culturas têm grande influência sobre o sucesso de suas empresas. Você deve estar ponderando: “Como a cultura seria responsável pelo aumento em vendas?”. A resposta é bem simples, a cultura interna é o que dita o comportamento dos integrantes da empresa – desde sua sede pelo desenvolvimento próprio e da marca, até a vontade (ou necessidade) de ir embora e encontrar um novo lugar para trabalhar (é, se sua equipe está debandando, talvez você esteja fazendo algo errado).

O poder da cultura interna

A forma que você direciona e guia sua equipe dita o engajamento dela com o trabalho e consigo mesma. É através do seu comportamento em relação a cultura interna que laços mais profundos são criados. Que colegas de trabalho viram amigos e que a hora-extra (sabe, aquela que todos odeiam) pode se transformar naquele momento que ninguém quer largar. Porque acredita no que está fazendo e surge um sentimento de obrigação de finalizar aquela tarefa ou job com maestria e muita qualidade.

Esse é o poder da cultura interna. É o que diferencia um bom lugar para se trabalhar do melhor lugar. Daquela vaga disputada no processo seletivo e na vontade de nunca mais sair, do senso de pertencimento à uma empresa que dá valor a equipe e vice-versa.

A cultura interna da Netflix: uma cultura consolidada

Para embasar tudo isso, ninguém melhor que a Netflix, que se encontra entre as 15 empresas mais procuradas para se trabalhar, segundo a pesquisa do LinkedIn. Além disso, a Netflix é muito aberta sobre sua cultura interna e deixou-a exposta online em uma apresentação de 124 slides que descorre sobre tudo o que a marca representa e o que ela espera das pessoas que a formam. Portanto, vamos analisar os principais pilares da cultura interna da Netflix. Inspire-se e crie os de sua empresa.

Netflix GIF

1. Valores são comportamentos e habilidades que valorizamos

Em sua própria apresentação, a Netflix diz que “muitas companhias têm afirmações de valores que soam bem, como: Integridade, Comunicação, Respeito e Excelência. Quando, na realidade, não valorizam isso. Para a Netflix, os valores são os comportamentos e habilidades que a empresa realmente valoriza e incentiva. Os nove valores defendidos para a Netflix (e que são utilizados na hora da contratação de novos funcionários – quem não os têm, não é admitido) são:

  • Julgamento
  • Comunicação
  • Impacto
  • Curiosidade
  • Inovação
  • Coragem
  • Paixão
  • Honestidade
  • Altruísmo

Apenas com estes guidelines de comportamento e habilidades, a Netflix já consegue gerar um alto impacto em seu pessoal. Já garantindo bons frutos em contratações e no desenvolvimento de seus times. Por isso a cultura interna da Netflix é referência no mundo todo.

Giphy Pit stop rapido

2. Alta perfomance

Para a Netflix, um local de trabalho incrível é ter colegas de trabalho incríveis. Máquinas de espresso, benefícios luxuosos, escritórios bonitos, almoços de sushi. e grandes festas não são nada perto de colegas de trabalho que têm alta perfomance. A Netflix faz algumas das coisas citadas acima, mas apenas se forem eficientes para reter os talentos importantes da empresa.

Segundo a cultura da Netflix, uma performance adequada irá gerar uma generosa separação entre a empresa e o funcionário. O teste para entender quando a equipe está realmente bem formada é o seguinte: “Quais das pessoas desta equipe, eu, como líder, lutaria para manter, se elas me dissessem que estão saindo para ir trabalhar em um concorrente?”. As pessoas que não iriam gerar muita luta, deverão ser separadas da empresa ou evoluir para se manter. A ideia aqui é manter sempre o melhor time e que melhor se adapta às pessoas à sua volta.

A importância da lealdade

Lealdade é algo importante para a Netflix. Se hoje um funcionário importante não está desempenhando como sempre, ele receberá uma boa chance para que se recupere, pois a empresa acredita em seu potencial. Trabalho “duro” não é algo que a Netflix leva em consideração, na verdade pouco importa. O que realmente ganha atenção e reconhecimento são resultados grandiosos (independentemente do nível de esforço despendido).

Giphy Jovem pulando em uma cascata

3. Liberdade e responsabilidade

Na Netflix, todos têm inúmeras liberdades, como por exemplo: férias remuneradas ilimitadas. Sim, os funcionários podem sair para descanso a hora que quiserem. Inclusive custeando suas viagens, mini-presentes e entretenimento com dinheiro da própria Netflix.

A única coisa que a empresa pede em troca é responsabilidade. Através de sua política de férias, “Não há política de férias”, e de sua política de gastos: “Aja no melhor interesse da Netflix” (só isso). Obviamente, esta quantidade de liberdade também exige muita responsabilidade dos funcionários. Mas, segundo a cultura da empresa: “Pessoas responsáveis alcançam sucesso com liberdade e são dignas de liberdade”.

Giphy Controle da Steam Machine

4. Contexto, não controle

Para a Netflix, os líderes devem a todo custo evitar a tentativa de controle de suas equipes. Na realidade, a empresa espera que os líderes tenham apenas uma responsabilidade, dar contexto às pessoas em seu time. Contexto significa traçar metas. Dividir tarefas de acordo com o papel de cada um, ser transparente nas decisões, ter objetivos e métricas que contribuam para a equipe.

5. Altamente alinhada, descentralizada

A ideia aqui é fazer com que todos saibam os objetivos e táticas macro para a empresa e o que o todo deve buscar. Contudo, cada time tem seus próprios objetivos individuais e que não conflitam com as necessidades gerais. Sendo assim, todos estão alinhados. E as decisões ficam a par de cada time individualmente, portanto, um alto nível de confiança é necessário entre todos. Confiança é um dos pilares da cultura interna da Netflix.

Giphy Pessoa contando dinheiro

6. Pague o máximo do mercado

A cultura Netflix diz que: “Um funcionário excepcional custa menos que 2 funcionários adequados”. Sendo assim, a política de salários da empresa é centrada em pagar o máximo que o mercado pagaria para aquela pessoa. Ou seja, se seu concorrente pudesse pagar X para ter o seu funcionário, você deve pagar este X para ele (ou até mais, dependendo do mercado).

Isso faz com que o funcionário sinta que seu salário reflete seu valor para a empresa e garante que ele permaneça mais tempo na Netflix. Além disso, há uma revisão anual dos salários. O que gera aumentos e reajustes de acordo com o desempenho do funcionário e como o mercado está se comportando em relação a ele (alguns salários podem disparar de uma hora para a outra devido ao desenvolvimento de novas habilidades pelo funcionário).

7. Promoções e desenvolvimento

Para quem está inserido na cultura Netflix, o crescimento na carreira depende de duas coisas, você mesmo e sorte. Sorte, pois as vagas são limitadas e para que você alcance o que é desejado, é preciso que aquela vaga em especial abra. E você mesmo, pois seu desempenho é o que dita suas chances de ser promovido.

Segundo a apresentação da Netflix, para alguém ser promovido, essa pessoa precisa ser um exemplo de todos os valores da marca. Estar desempenhando acima do normal para seu trabalho e a vaga a ser ocupada deve ser o suficiente para a empresa e para o funcionário. E caso a vaga nunca abra, a Netflix ficará feliz em vê-lo partir para outro lugar para que você alcance novos horizontes em sua carreira.


Agora é a sua vez, quais serão os pilares da sua cultura interna? São parecidos com a cultura interna da Netflix? Como seus funcionários irão reagir às mudanças e novidades? Uma coisa é importante, sua cultura será decisiva na hora de encontrar talentos para sua empresa. E para mantê-los, portanto, invista nisso e cuide bem da sua imagem.