KPIs financeiros que você precisa acompanhar na sua agência + Planilha de Gestão Financeira

Os indicadores financeiros são as métricas que falam a verdade sobre a saúde do seu negócio. A lucratividade de uma agência deve ser baseada em números reais que devem ser acompanhados frequentemente. Aí surgem os KPIS financeiros, como protagonistas do sucesso de um negócio. Em parceria com o Anderson Rabaquini, Sócio-Fundador da AMGR Inteligência Financeira, desenvolvemos este post e as planilhas que você poderá baixar abaixo!

O objetivo deste post é falar sobre os vários indicadores financeiros, que, facilitam o processo na empresa e na análise de metas e métricas, além de, é claro, seus resultados.

Entender esses KPIs é fundamental para que você possa tomar melhores decisões estratégicas e permitirá que você gaste mais tempo criando coisas novas e menos tempo se preocupando se conseguirá manter a agência funcionando. Afinal, tem realização maior para um empreendedor do que saber que a saúde financeira do seu neǵocio vai muito bem?

Vamos começar entendendo o que são KPIS. Está pronto?

O que são KPIS? E os KPIS financeiros?

Os KPIs, sigla em inglês para Key Performance Indicator, são também conhecidos como indicadores-chave de desempenho e representam dados que as empresas devem analisar e acompanhar para uma maior clareza e segurança da situação de um negócio. 

Através dessa análise, é possível planejar, identificar gargalos, metas e objetivos a serem cumpridos com base no objetivo geral do negócio. 

Os KPIS financeiros envolvem a parte econômica e financeira de uma empresa. Desta forma, os gestores podem analisar os números da sua agência, mensurando a lucratividade, custos, faturamento, entre outros. Falaremos dos KPIS mais importantes a seguir.

KPIS Financeiros que sua agência não pode deixar de acompanhar

BUDGET 

Na sua tradução, o Budget é o Orçamento da empresa. Orçamento é a parte de um Plano Financeiro Estratégico que compreende a previsão de receitas, despesas e lucros futuros para a administração de determinado exercício (período de tempo). Normalmente o período é 12 meses respeitando o ano corrente.    

DRE Gerencial

Demonstração do Resultado do Exercício Gerencial (DRE Gerencial), é um relatório que demonstra o quanto se está ganhando (lucro) ou perdendo (prejuízo) nas operações da Empresa. Este relatório tem como base inicial a DRE Contábil e após alguns ajustes e provisões se conclui o DRE Gerencial. ex. diferimento de faturamento antecipado para o regime de competência (execução) e provisões de receitas ou despesas que não ocorreram ainda por algum motivo durante o mês, mas que sabemos que sua competência é do mês corrente.  Este DRE Gerencial é também usado no comparativo com Budget mensal e período acumulado.   

DRE Contábil  

Demonstração do Resultado do Exercício, também conhecida como DRE, é um documento contábil de demonstração cujo objetivo é detalhar a formação do resultado líquido de um exercício (mensal, trimestral e anual) pela confrontação das receitas, custos e despesas de uma empresa, apuradas segundo o princípio contábil do regime de competência.

Regime de Competência | Contábil

Método de registro de lançamentos contábeis ou gerencial, que é realizado no período de competência da receita ou despesa realizada. Caso uma empresa tenha feito uma despesa no mês de julho para pagar apenas em setembro, o registro contábil será efetuado em julho, sendo esse o mês de competência da despesa. 

Regime de Caixa | Contábil  

Regime contábil no qual as despesas e receitas são contabilizadas apenas quando entram em caixa (ex. pagamentos e recebimentos), e não no momento em que são realizadas as compras ou ofertadas as prestações de serviço. 

MOD    

A Mão-de-Obra Direta (MOD) deve ser considerada como a que está diretamente ligada à prestação do serviço ao cliente.

MOI    

A Mão-de-Obra Indireta (MOI) deve ser considerada ao contrário da MOD, pois não esta diretamente ligada à prestação do serviço ao cliente.

OVERHEAD 

O Overhead são todos os custos indiretos. ex. MOI e as despesas gerais. São as despesas que precisam ser Rateadas proporcionalmente a alocação da MOD para a formação do preço da prestação de serviço e valor da hora/homem. 

Como calcular o Overhead ?

O excel do cálculo será disponibilizado para simplificar o processo, você poderá baixá-lo no Kit Financeiro que está aqui neste post. 

O objetivo inicial é identificar todos os custos e despesas da empresa e incluir na planilha do cálculo. E abaixo do total identificado devemos somente incluir o custo total da MOD.  Dessa forma, a planilha fará a divisão da MOI pela custo total e calculará o percentual de Overhead da agência. 

Como fazer a Precificação da prestação de serviço ?

O excel da precificação será disponibilizado para simplificar o processo. 

O primeiro passo é incluir o tempo da equipe alocada conforme briefing da prestação de serviço (ex. fee ou projeto) e depois os custos total de cada colaborador com encargos e benefícios. 

A planilha calculará automaticamente o custo da MOD e também o Overhead e Impostos conforme percentual previamente incluídos. Sendo que a margem do lucro pode ser incluída antes ou depois para conclusão do processo.  

Enfim, esse tipo de KPI possibilita a uma empresa, seja pequena, média ou grande, analisar e obter resultados reais.  Diante disso, é importante ter uma base real para o desenvolvimento deles, criando metas que façam sentido para se cumprir e assim obter resultados que evidenciem dados concretos sobre a saúde financeira da agência.

kit gestão financeira para agências


Confira aqui outros KPIs que a sua agência não pode deixar de acompanhar.